AMAMENTAÇÃO

 

Amamentar é um gesto de amor e doação, não é mesmo? É uma pena que, muitas vezes, nós, mamães, somos repreendidas quando alimentamos nossos bebês em público. Porém, muitas mulheres já se revoltaram contra essa postura antiquada e estão exercendo o seu direito de dar o peito aos seus filhos em público. Isso não é nenhum atentado ao pudor! A maldade e perversão está na cabeça de quem fica olhando e pensando bobagem.

No dia 01/08, é comemorado o dia da amamentação e, nesse dia, bem como em todos os outros, é importante conscientizar as pessoas sobre a importância desse gesto tanto para a mãe quanto para o bebê. Pensando nisso, trouxe aqui uma compilação de informações preciosas sobre o tema.

  • Diferente do que era dito antigamente, o bebê não precisa de mais nada além do leite materno até os seis meses. Ou seja, aleitamento materno exclusivo (nada de dar água, chá, suco) até o sexto mês e, só depois disso, introdução alimentar;
  • Não existe leite forte e leite fraco. Todo leite materno tem o necessário para o bebê crescer e se desenvolver bem nutrido e saudável;
  • 80% do leite é produzido durante a mamada;
  • Não há regras sobre o que se pode comer durante a amamentação para não causar cólicas ou outros desconfortos no bebê. Cada corpo é diferente e, portanto, devemos comer de tudo e observar a reação do bebê em relação ao que foi comido;
  • Também não há alimentos que vão aumentar a produção de leite. O que vai estimular essa produção é o bebê continuar mamando;
  • Água é uma ótima aliada na hora da amamentação, pois dar de mamar dá muita, muita sede;
  • O leite materno é constituído de três fases: na primeira fase, o leite é rico em água; na segunda, em sais minerais, proteínas e vitaminas; na última, em gordura. Ou seja, seu bebê tem tudo de que precisa bem ali, basta mamar por tempo suficiente;
  • O leite materno possui anticorpos muito importantes para ajudar na construção da imunidade do bebê;
  • O aleitamento materno deve ser dado em livre demanda, ou seja, quanto e quando o bebê quiser. Contudo, os recém nascidos devem mamar em intervalos de até 3 horas, para não terem hipoglicemia;
  • Se você não amamentar, seu peito pode “pedrar”, o leite ficará acumulado e difícil de ser sugado pelo bebê. Então, caso o seu esteja assim, massageie bem os seios antes de dar de mamar e esvazie um pouco e, depois, ofereça o peito ao seu filho;
  • A pega do bebê também é importante para uma boa mamada. A boca do seu pequeno deve estar feito a de um peixinho, os lábios devem cobrir a maior parte da aréola e a língua deve ficar embaixo do mamilo;
  • No início, amamentar dói, às vezes, fere, mas o seu próprio leite e a mamada vão curar os ferimentos;
  • Você pode armazenar o leite em potes de vidro com tampa de plástico. A durabilidade do leite vai depender da conservação. Se você congelar, dura 2 semanas. Na geladeira, 12 horas. Fora da geladeira, 2 horas. Você deve esquentar o leite em banho maria antes de oferecer ao bebê;
  • Não há posição errada para amamentar. Desde que seu bebê esteja fora de risco e vocês estejam confortáveis, tá valendo;
  • Mulheres com “bico invertido” também podem amamentar, basta utilizar um bico de silicone;
  • Amamentar alimenta o corpo, mas também a alma. Nesse momento, você cria e fortalece seu vínculo com o bebê, então esteja presente, consciente. Olhe e acaricie seu filho, sacie a fome de amor e atenção  dele;
  • Doar leite é um gesto lindo e pode ajudar muitas crianças. Doar o seu leite não vai secar o seu peito. Você ainda irá produzir o suficiente para o seu filho. Quanto mais se tira, mais se produz.

Ainda há muitas coisas a serem ditas sobre a amamentação, mas fica para outros posts.

*Não deixe que lhe digam que você não tem leite suficiente ou que você não vai conseguir. Amamentar exige confiança. Acredite que você é capaz!*

Pesquisar sobre amamentação, nunca é demais, então seguem links interessantes:

https://www.maemequer.pt/a-vida-com-o-seu-bebe/alimentacao-do-bebe/amamentacao/fases-do-leite-materno/

https://brasil.babycenter.com/c200049/amamentação

Anúncios